Piloto alemão não conseguiu pontuar nas duas primeiras corridas, mas chegou em quinto na China

A Mercedes conseguiu seu primeiro bom resultado na China, com o quinto lugar conquistado por Nico Rosberg. Nas duas primeiras corridas, no entanto, o alemão sequer pontuou. Por isso, cobra melhoras no carro para conseguir mais pontos na Turquia.

Siga o iG Automobilismo no Twitter .

“Tivemos um começo de temporada mais difícil do que esperávamos, e as três primeiras corridas foram uma montanha russa de emoções. A equipe fez um trabalho muito bom para melhorar, e aprendemos bastante no fim de semana na China. Espero que possamos melhorar ainda mais na Turquia”, disse Rosberg, que, neste fim de semana, será convidado VIP da DTM .

O piloto da Mercedes falou também sobra curva oito, que ele considera uma das mais desafiadoras do ano.

“Entramos nela com velocidade máxima, o que dura seis ou sete segundos, com forças de até 5G. Se eu tivesse de criar um circuito de Fórmula 1 imaginário, essa curva definitivamente seria incluída”, declarou o alemão.

Seu colega de equipe, o heptacampeão mundial Michael Schumacher, também elogiou as características da pista turca .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.