Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Melhor do dia, Alonso diz que Red Bull ainda é a favorita

Espanhol apontou problemas na pista do Canadá, que possui duas zonas para uso da asa traseira móvel

Gazeta |

Mesmo após cravar o melhor tempo do segundo treino desta sexta-feira (10), no circuito de Montreal, no Canadá, o espanhol Fernando Alonso manteve os pés nos chão em relação ao classificatório a e à corrida, neste sábado (11) e domingo (12), respectivamente. Para ele, Sebastian Vettel, segundo mais rápido do dia, ainda é o grande favorito.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Nós não nos concentramos nos tempos nem nada, então é sempre positivo se ver nas primeiras quatro ou cinco posições. Mas hoje não foi importante", declarou Alonso. "Nós fomos os melhores nos treinos livres de Mônaco também, e no classificatório Vettel foi um segundo mais rápido que nós", lembrou.

Para os treinos de sábado, que definem o grid para a prova de domingo, o espanhol ainda coloca o time líder do campeonato como o adversário a ser batido no circuito Gilles Villeneuve. "Nós sabemos que amanhã é o dia de darmos de tudo, e sabemos também que a Red Bull será muito forte e é a provável favorita", acrescentou.

Sobre a segunda área de uso da asa traseira móvel da pista canadense, fato inédito nesta temporada, o bicampeão alegou que a medida fará bastante diferença e trará mais dinamismo à corrida. "Se estiver seco, as oportunidades para ultrapassar serão muito maiores do que no passado, e isso poderá fazer deste circuito um dos melhores para se usar o dispositivo", explicou.

No entanto, o piloto das Astúrias alertou para a grande probabilidade de acidentes na pista, visto que nesta segunda sessão já aconteceram algumas batidas. "Geralmente nós vemos muitos acidentes no fim dos treinos, pois os pneus estão muito degradados. Nós sabemos que a combinação dos (pneus) Pirelli faz não ficar fácil de andar quando eles se desgastam. Isso, aliado à pista do Canadá, faz uma boa mistura - bom de assistir, mas um pouco perigoso para nós", finalizou.

Leia tudo sobre: FerrariFernando AlonsoF1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG