Diretor-gerente da escuderia afirmou que Hamilton e Button vão poder continuar brigando por posição

Após brigar pela liderança com Lewis Hamilton durante o Grande Prêmio da Hungria , Jenson Button, vencedor da prova, disse que não recebeu ordens de equipe da McLaren para parar com o duelo . De acordo com Jonathan Neale, diretor-gerente da escuderia, deixar seus competidores lutarem por posição faz parte da filosofia do time.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Quando seus dois pilotos estão lado a lado, trocando de posição, acho que faz surgir cabelos brancos em todos nós. Mas não há tentativa nossa de interferir. Martin (Whitmarsh, chefe de equipe) já deixou isso claro. Lewis e Jenson são experientes, e estamos competindo com dois primeiros pilotos porque assim conseguimos o melhor dos dois. Se estamos fazendo bem o nosso trabalho como equipe e então eles se encontram no circuito, esperamos que eles resolvam essa situação”, disse Neale.

O dirigente evitou comentar a decisão oposta de outras escuderias, como a Red Bull, que, durante o Grande Prêmio da Grã-Bretanha , pediu para Mark Webber não atacar Sebastian Vettel .

“Não quero comentar sobre como os outros dirigem suas equipes. Eles fazem de maneira diferente. Nós reconhecemos que se trata de um esporte e um espetáculo, e, enquanto nós trabalhamos duro na tecnologia, temos sempre de lembrar dos fãs”, declarou Neale.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.