Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

McLaren aposta em prova imprevisível na Alemanha

Para Lewis Hamilton, não é possível fazer qualquer tipo de previsão no circuito de Nurburgring

AE |

selo

Ainda restam nove dias para o GP da Alemanha de Fórmula 1, que acontecerá no próximo dia 24, mas os pilotos não conseguem conter a ansiedade de pilotar em Nurburgring. Na McLaren, por exemplo, o inglês Lewis Hamilton elogiou o circuito e apontou a dificuldade em prever o que acontecerá na prova, mesmo após algumas alterações na pista.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"A lição que aprendi com minhas experiências é nunca fazer previsões quando se trata de Nurburgring. O atual circuito não é tão épico quanto o original, e certamente é muito mais seguro, mas ainda pode te surpreender. O clima também pode se tornar um problema em alguns momentos", declarou.

Para superar estas surpresas, Hamilton confia em um bom trabalho da McLaren, muito elogiada por ele após a última etapa do Mundial. No GP da Grã-Bretanha, no último domingo (10), o piloto conseguiu uma quarta colocação - Fernando Alonso, da Ferrari, foi o vencedor.

"Se algo acontecer, sei que posso me apoiar no desempenho da McLaren para reagir rápido e decisivamente. Outra coisa de que podemos ter certeza é a de que haverá uma atmosfera fantástica. Os torcedores alemães sabem como festejar, independentemente do clima", afirmou.

Companheiro de Hamilton na McLaren, Jenson Button concordou com a análise do colega em relação às surpresas de Nurburgring. "Este circuito é igualmente complicado e histórico, sem subestimar os outros. Ainda tem um pouco do desenho antigo e aqui aconteceram alguns momentos memoráveis do esporte", apontou.

Leia tudo sobre: f1lewis hamiltonjenson buttonfórmula 1mclaren

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG