Piloto perdeu parte da temporada de 2009 após batida em Hungaroring. De lá para cá, nunca mais venceu ou fez uma pole na F1

Neste domingo (31), durante o Grande Prêmio da Hungria, Felipe Massa estará de volta ao palco em que viveu o momento mais assustador de sua carreira. Foi em Hungaroring , no ano de 2009, que o piloto brasileiro foi atingido por uma peça que se soltou do carro de Rubens Barrichello , ficou inconsciente, foi parar no hospital e perdeu o restante da temporada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Em seu diário no site oficial da Ferrari, o piloto brasileiro comentou o tempo que passou no país após o acidente, recuperando-se das contusões que sofreu. Segundo Massa, o período fez com que o público local se aproximasse dele.

“Desde o incidente, tenho muitos fãs aqui. Não acho que eles se tornaram meus fãs por causa do acidente, e sim porque passei algum tempo em Budapeste e fiz lá toda a minha recuperação, que foi como uma vitória para mim, e o povo daqui se sente parte dessa vitória”, revelou Massa.

O ferrarista disse que, neste fim de semana, pretende visitar os profissionais que o auxiliaram em sua recuperação. “Claramente, depois do que aconteceu há dois anos, Budapeste e o povo da Hungria são parte importante da minha história pessoal, e mais uma vez planejo rever as pessoas que me ajudaram durante esse tempo difícil, tanto na pista quanto no hospital”, revelou Massa.

Desempenho após acidente caiu bastante

Massa após o acidente que o tirou do fim da temporada de 2009
EFE
Massa após o acidente que o tirou do fim da temporada de 2009
A temporada de 2006 foi a primeira de Felipe Massa na Ferrari. Dois anos depois, em 2008, o piloto teve o melhor resultado de sua carreira, quando ficou com o vice-campeonato da Fórmula 1 – perdeu o título na última corrida para Lewis Hamilton. Porém, desde o acidente, o brasileiro não conseguiu repetir o bom desempenho que obteve em seus primeiros anos na escuderia italiana .

Desde que se machucou, em julho de 2009, Massa nunca mais venceu uma corrida ou fez uma pole position. Todas as 11 vitórias e 15 poles que conquistou na carreira aconteceram entre 2006 e 2008. Além disso, dos 33 pódios que o brasileiro tem correndo pela escuderia italiana, somente cinco aconteceram depois da contusão.

Se por um lado o desempenho geral do ferrarista caiu bastante depois do acidente em Hungaroring, por outro, seu melhor resultado no circuito húngaro aconteceu justamente no ano seguinte à lesão. Antes de se machucar, Massa não tinha conseguido resultados expressivos na pista. O brasileiro foi sétimo em 2006, 13º em 2007 e 17º em 2008 - antes, pela Sauber, sua melhor colocação em terreno húngaro também tinha sido um sétimo lugar.

No ano passado, ao voltar ao local do acidente pela primeira vez, o brasileiro conseguiu seu melhor resultado da carreira correndo em Hungaroring: cruzou a linha de chegada na quarta colocação, mesma em que largou.

Fernando Alonso também fala da batida de Massa

Em 2009, Fernando Alonso ainda era piloto da Renault. O espanhol passou a ser companheiro de equipe de Felipe Massa a partir do ano seguinte. Mesmo assim, também por meio de seu diário no site oficial da Ferrari, o bicampeão mundial lembrou o acidente.

“Sei que o Grande Prêmio da Hungria tem um significado especial para a escuderia, que passou por grandes momentos, mas também alguns dramáticos, como quando Felipe se machucou naquele acidente em que ele foi atingido por um pedaço da Brawn de Rubens Barrichello ”, disse Alonso.

Veja como foi o acidente

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.