Brasileiro teve sua corrida comprometida após acidente com o britânico em Cingapura

O brasileiro Felipe Massa ficou muito insatisfeito após se envolver em acidente com Lewis Hamilton na 12ª volta do Grande Prêmio de Cingapura . Por conta da batida, o ferrarista, que havia acabado de voltar dos boxes, teve de fazer mais um pit stop para trocar seu pneu traseiro esquerdo, furado no incidente.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Penso que, como disse ontem, ele não sabe usar a cabeça. Nem no classificatório, então imagine na corrida. Ele poderia ter causado um grande acidente. E ele está pagando por isso, esse é o problema. Ele não entende, mesmo pagando por um problema”, disse Massa, que achou justa a punição de drive-through que o britânico sofreu.

“É importante que a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) esteja de olho nele e punindo-o toda vez que ele estiver no carro, porque ele não consegue pensar”, declarou Massa.

Para alfinetar o rival, o ferrarista lembrou da relação conturbada do piloto da McLaren com seu pai, Anthony Hamilton, que era seu agente até o começo do ano, antes dos dois romperem. Questionado se tinha conversado com o britânico, Massa foi irônico.

"Ele não ouve nem seu pai, vai me ouvir?", questionou o brasileiro.

O brasileiro mostrou-se frustrado por ter terminado a corrida em nono e queixou-se do azar durante a prova.

“Não tive sorte nem com o Safety Car. Eu tinha colocado os pneus supermacios naquele momento para ganhar tempo nas voltas, mas depois de cinco voltas o Safety Car entrou e eu estava com os pneus errados para terminar a corrida. Eu não tive sorte e, mais uma vez, aconteceu algo com alguém que fez isso comigo quantas vezes neste ano? Muitas vezes”, declarou o brasileiro.

Confira o resultado final do GP de Cingapura:

1 – Sebastian Vettel (ALE) – Red Bull – 61 voltas
2 – Jenson Button (GBR) – McLaren – a 1s7
3 – Mark Webber (AUS) – Red Bull – a 29s2
4 – Fernando Alonso (ESP) – Ferrari – a 55s4
5 – Lewis Hamilton (GBR) – McLaren – a 1min7s7
6 – Paul di Resta (GBR) – Force India – a 1min50s
7 – Nico Rosberg (ALE) – Mercedes – a 1 volta
8 – Adrian Sutil (ALE) – Force India – a 1 volta
9 – Felipe Massa (BRA) – Ferrari – a 1 volta
10 – Sergio Pérez (MEX) – Sauber – a 1 volta
11 – Pastor Maldonado (VEN) – Williams – a 1 volta
12 – Sébastien Buemi (SUI) – Toro Rosso – a 1 volta
13 – Rubens Barrichello (BRA) – Williams – a 1 volta
14 – Kamui Kobayashi (JAP) – Sauber – a 2 volta
15 – Bruno Senna (BRA) – Lotus Renault – a 2 voltas
16 – Heikki Kovalainen (FIN) – Team Lotus – a 2 voltas
17 – Vitaly Petrov (RUS) – Lotus Renault – a 2 voltas
18 – Jérôme D’Ambrosio (BEL) – Virgin – a 2 voltas
19 – Daniel Ricciardo (AUS) – Hispania – a 4 voltas
20 – Vitantonio Liuzzi (ITA) – Hispania – a 4 voltas
21 – Jaime Alguersuari (ESP) – Toro Rosso – Abandonou
22 – Jarno Trulli (ITA) – Team Lotus – Abandonou
23 – Michael Schumacher (ALE) – Mercedes – Abandonou
24 – Timo Glock (ALE) – Virgin – Abandonou

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.