Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Massa ignora rumores sobre sua saída da Ferrari

Piloto brasileiro relembra 2008 e diz que não está preocupado com pressão da imprensa italiana

AE |

selo

Depois de começar de forma decepcionante, na Austrália, a temporada na qual terá de provar que merece seguir na Ferrari, Felipe Massa afirmou nesta quinta-feira (22), em Kuala Lumpur, na Malásia, que não está preocupado com os rumores sobre sua possível saída da escuderia. O piloto garantiu não ligar para as últimas notícias veiculadas por jornais italianos, que já especulam até sobre quem poderá ser o substituto do brasileiro na equipe.

Leia também:
Rubinho é o mais votado para substituir Massa em enquete italiana

"Eu realmente não me importo", disse Massa no paddock do circuito de Sepang, que no próximo domingo (25) receberá a segunda etapa do Mundial de Fórmula 1. "Eu não dirijo pensando no que os outros estão pensando ou falando sobre mim", acrescentou.

O piloto ressaltou que está "fazendo o seu trabalho e pensando só em fazer o melhor dentro do carro", mas admitiu que não conseguiu cumprir este objetivo em Melbourne, na Austrália, onde abandonou a primeira prova da temporada ao se envolver em um acidente com o seu compatriota Bruno Senna, da Williams.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Massa, entretanto, lembra que enfrentou o mesmo tipo de especulação sobre a sua possível saída da Ferrari no começo da temporada de 2008, na qual lutou pelo título mundial até a última volta do GP do Brasil, etapa final daquele ano. Na ocasião, ele venceu a corrida, mas o campeonato acabou sendo conquistado de forma dramática pelo inglês Lewis Hamilton, da McLaren.

"Eu não me importo com isso (especulação). As coisas mudam muito rapidamente de um dia para o outro", destacou Massa, que depois de sofrer grave acidente no final de semana do GP da Hungria, em 2009, não reencontrou mais o seu melhor desempenho. E o seu jejum de vitórias na F1 dura desde aquele GP do Brasil de 2008. No ano passado, em um reflexo de sua má fase, ele se tornou o primeiro piloto da Ferrari em 19 anos a ficar uma temporada inteira sem sequer subir ao pódio.

Em meio a este cenário desfavorável, o mexicano Sergio Pérez, da Sauber, o alemão Adrian Sutil, e o italiano Jarno Trulli, ambos já fora da F1, e até mesmo Rubens Barrichello, hoje na IndyCar, foram cotados como substitutos de Massa na Ferrari. Ao ser questionado sobre a possibilidade de ser substituído por Pérez, o brasileiro rebateu nesta quinta: "Isso são apenas rumores".

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A Ferrari negou, na última quarta, a possibilidade de demitir Massa durante essa temporada. O próprio Pérez descartou a chance de assumir o posto do brasileiro na equipe. "Essa foi apenas a primeira prova da temporada, então é muito cedo para falar isso ou especular", ressaltou o mexicano, antes de completar: "Estou muito focado com o meu time, com a Sauber, e tenho um grande carro".

Até o alemão Michael Schumacher, ex-companheiro de Massa na Ferrari e hoje na Mercedes, pediu para o time italiano ter paciência com o brasileiro e não fazer julgamentos com base apenas no desempenho do piloto no GP da Austrália. "Se você olhar para todos os testes de inverno, os dois pilotos (da Ferrari) estiveram muito juntos. Para ver a grande diferença que vimos em Melbourne (entre Massa e Fernando Alonso), só posso deduzir que havia alguma coisa errada para ele. Confio que ele irá melhorar, e o time vai dar a ele todo o suporte de que precisa", acredita o heptacampeão mundial.

Confira a programação completa do fim de semana da Fórmula 1 na Malásia*:

Quinta-feira, 22 de março
1º treino livre: 23h

Sexta-feira, 23 de março
2º treino livre: 3h

Sábado, 24 de março
3º treino livre: 2h
Classificatório: 5h

Domingo, 25 de março
Grande Prêmio da Malásia: 5h

* Sempre pelo horário de Brasília

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG