Tamanho do texto

Brasileiro afirma estar olhando apenas para frente, mas pede mais rigor nas penalizações de prova

Nesta quinta feira (13), Felipe Massa decidiu desconversar sobre sua situação com o inglês Lewis Hamilton. Os dois se envolveram em polêmicas recentes tanto na etapa de Cingapura quanto no Japão . Nas duas corridas, o piloto da McLaren tocou a Ferrari do brasileiro, prejudicando sua prova.

Veja também: Hamilton pede coragem para Massa conversar com ele cara a cara

"Não ligo mais para isso e vou continuar a fazer o meu trabalho, como sempre. Estou apenas olhando para frente, pensando na próxima corrida. Nada que aconteceu nas últimas duas provas foi culpa minha e a única coisa interessante seria ver algumas penalizações mais consistentes para erros de pilotagem", amenizou Massa.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Hamilton, por sua vez, mostrou-se descontente com as críticas do brasileiro pela imprensa, mas também minimizou a polêmica: "A situação não tem sido boa por um tempo agora, mas sempre o respeitei e ainda respeito Felipe, apesar dos comentários que ele tem feito", disse.

"Particularmente na última corrida, eu realmente lamento, realmente não o vi e vi o replay: ele estava do meu lado, fora do meu retrovisor, e não pude ver nada, quando vi, já era tarde", acrescentou o britânico.

Em quinto no Mundial de Pilotos , logo à frente de Massa, Hamilton chegou a vencer os GPs da China e da Alemanha deste ano, mas não vem repetindo as boas atuações nas últimas etapas do calendário. "Tenho estado no lugar errado nas últimas corridas. Tenho carro para estar mais à frente. Talvez se eu estivesse fazendo o meu trabalho corretamente, não estaria nesta situação com o Felipe. Espero que no futuro possamos baixar nossas guardas e ele possa ficar tranquilo comigo. Eu estou tranquilo com ele", finalizou.