Brasileiro admite mau desempenho na temporada e espera ir bem em Monza

selo

Com a vitória de Sebastian Vettel e a segunda colocação de Mark Webber no Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1, no último dia 28 de agosto, a Red Bull disparou ainda mais na liderança do Mundial de Construtores, com 426 pontos. Terceira colocada, a Ferrari, com 231, já começa a pensar no próximo ano. Por isso, no GP da Itália, em Monza, neste domingo (11), o objetivo é apenas "fazer bonito" diante da própria torcida, como apontou Felipe Massa.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"É claro que este é um final de semana importante para nós. Não no sentido de ser nossa última chance neste ano, ou algo do gênero, mas porque nós realmente queremos produzir um grande resultado para nós mesmos, para a equipe, mas, mais do que tudo, para a torcida", escreveu o brasileiro em seu blog no site oficial da Ferrari, nesta quarta-feira (7).

Massa admitiu seu mau desempenho, e o da Ferrari, nesta temporada. O brasileiro é apenas o sexto colocado do Mundial de Pilotos , com 74 pontos, 83 atrás de seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, e 185 atrás do líder Sebastian Vettel.

"Monza será nosso último final de semana na Europa neste ano e, porque a temporada não foi boa para nós, será ainda mais importante fazer nosso trabalho perfeitamente e tentar conseguir o resultado que nós e os tifosi (nome dado aos torcedores italianos) queremos e merecemos", afirmou.

Para isto, o brasileiro sabe que precisará de um carro muito mais veloz do que vem tendo. "Nós vamos precisar de um carro com grande velocidade. Como todas as equipes, teremos pouca força gravitacional em Monza, com as asas pequenas, e nos treinos teremos que checar se o carro está bem balanceado e com boa tração", avaliou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.