Brasileiro ressaltou a importância do piloto da McLaren ter pedido desculpas e entendido seu erro

Felipe Massa comentou seus contratempos com Lewis Hamilton no Grande Prêmio de Mônaco . O brasileiro envolveu-se em um acidente com o piloto da McLaren , que o tirou da prova em Monte Carlo. Nesta quinta-feira (9), ao chegar a Montreal, no Canadá, para a etapa deste fim de semana , o piloto disse que quer esquecer o ocorrido e seguir em frente. "Tudo o que eu disse era o que eu pensava, mas ele me chamou e pediu desculpas . A coisa mais importante a ser dita é que ele entendeu o que fez, então está tudo bem", disse Massa em entrevista coletiva.

Siga o iG automobilismo no Twitter

"Nós agora olhamos para frente - você não vai ganhar nada nem aprender nada olhando para trás. Então, eu não consegui terminar a corrida, não consegui marcar pontos e isso é algo que já aconteceu comigo. Portanto, quero seguir adiante. E eu espero que ele entenda o que aconteceu lá", afirmou Massa, que explicou o ocorrido. "Ele tentou me passar em um lugar impossível, mas é isso", finalizou.

Com resultados fracos nas três corridas do último mês de maio, Massa não marcou nenhum ponto nos GPs da Turquia , Espanha e Mônaco , enquanto Fernando Alonso, seu companheiro de ferrari, ficou na segunda colocação na última corrida, logo atrás de Sebastian Vettel, da Red Bull.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.