Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Massa acredita que pneus podem atrapalhar a Ferrari na Índia

Em seu blog, brasileiro também lamenta a morte dos pilotos Dan Wheldon e Marco Simoncelli

iG São Paulo |

Felipe Massa está cauteloso em relação aos problemas que a Ferrari pode ter com os pneus duros, escolhidos pela Pirelli, para o Grande Prêmio da Índia, que acontece neste domingo (30), às 7h30 (de Brasília). O brasileiro espera que a equipe já tenha encontrado uma solução para ser mais competitiva com esse tipo de composto – os times também terão à disposição os pneus macios.

Veja também: Em ano ruim, Ferrari tem resultados bem inferiores aos da McLaren

"Vamos correr com os pneus macios e duros. Historicamente, não é a escolha ideal para o 150º Itália. Espero que tenhamos feito algum progresso nessa área e que possamos chegar a um bom resultado”, declarou Massa em seu blog oficial no site da Ferrari.

O brasileiro, sexto colocado no Mundial de Pilotos, contou como foi sua preparação para correr em um circuito estreante na Fórmula 1. "Passei um dia no simulador para ter uma impressão geral da pista. Também tenho a última versão do jogo de computador da Fórmula 1, que possui esse circuito, o que significa que pelo menos tenho uma ideia da pista e sei onde ficam as curvas”, explicou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Massa fica em estado de choque com tragédias recentes

Massa também comentou sobre as mortes dos pilotos Dan Wheldon e Marco Simoncelli, que sofreram acidentes fatais nas últimas semanas durantes provas da Indy e da MotoGP.

"Parece que quando coisas ruins acontecem, elas vêm de uma vez só. É inacreditável e fiquei em estado de choque depois de receber a notícia. Simoncelli era um cara muito legal, um dos principais personagens do motociclismo e um grande talento. E aconteceu tão perto da morte de Dan Wheldon, que era um amigo meu”, lamentou o brasileiro.

“Claro que nós que corremos sempre sabemos dos riscos todas as vezes que vamos para a pista. Mas quando você está pilotando, não pensa muito sobre os riscos e sempre força muito, algumas vezes mais do que deveria. No entanto, continua sendo um choque terrível quando você vê algo assim, que te lembra que os riscos estão lá”, concluiu.
 

Leia tudo sobre: F1Felipe MassaFerrariDan WheldonMarco Simoncelli

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG