Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Mark Webber diz que continua livre para competir com Vettel

Australiano afirma que ordem da equipe para não ultrapassar o companheiro em Silverstone foi exceção

iG São Paulo |

Mark Webber afirmou nesta quinta-feira (21) que continua livre para disputar posições com Sebastian Vettel, apesar das ordens que recebeu da Red Bull durante a última corrida, em Silverstone.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Nas últimas voltas do GP da Grã-Bretanha, o australiano recebeu pelo rádio o pedido da equipe para não ultrapassar Vettel, mas ignorou e continuou atacando. Após o episódio, Christian Horner, chefe da Red Bull, decidiu ter uma conversa particular com Webber, que havia reclamado da atitude da equipe.

“Conversamos logo depois da corrida. Christian colocou sua visão sobre a situação e de como tomou sua decisão e eu apresentei meu caso. Chegamos a conclusão de que ambos tomamos a decisão certa, ele por pensar nos interesses do time e eu em uma situação em que tentava melhorar minha própria posição”, declarou Webber.

O australiano acredita que Silverstone foi uma exceção e insistiu que os pilotos da Red Bull continuam livres para competir. "Continuamos livres para correr na maior parte do tempo. Aquela foi uma situação estranha e que não acontece com frequência em termos do momento da corrida em que ocorreu”.

“Horner me garantiu que teria tomado a mesma atitude se a situação fosse inversa: se Sebastian estivesse se aproximando de mim, ele teria encerrado a disputa”, acrescentou o piloto.

Webber ainda disse que decidiu ignorar as ordens da equipe com base nos comentários que ouviu de Horner após o GP da Alemanha de 2010, marcado pelo jogo de equipe da Ferrari para permitir a vitória de Fernando Alonso. Naquela ocasião, o dirigente disse que nunca impediria seus pilotos de correr.

“Foi por isso que fiz minha decisão. Não estava pensando em Hockenheim, mas estava pensando em ultrapassar Vettel, já que tinha um ritmo melhor. Estou confortável com o que fiz em Silverstone”, concluiu.
 

Leia tudo sobre: F1Sebastian VettelMark WebberChristian Horner

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG