Piloto australiano afirma que levou o carro até o limite no GP da Alemanha, mas não foi suficiente

A Red Bull domina a temporada 2011 de Fórmula 1 . Nas dez etapas disputadas até agora, a escuderia fez todas as poles positions, viu Sebastian Vettel vencer seis delas e ser líder isolado do Mundial de Pilotos . Entretanto, com esse domínio sendo ameaçado pelas rivais nas últimas corridas – Fernando Alonso venceu em Silverstone e Lewis Hamilton em Nurburgring - o australiano da atual líder do Mundial de Construtores , Mark Webber, cobrou melhor ritmo de corrida.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

No classificatório para o GP da Alemanha , Webber foi o pole position, mas durante a corrida sofreu constantes ataques da McLaren de Hamilton, perdeu o duelo para o britânico e também acabou ficando atrás da Ferrari de Alonso. De acordo com o australiano, nada que fizesse durante a corrida em Nurburgring poderia dar a vitória a ele, pois os rivais estavam com um desempenho melhor na pista.

“Não acho que poderia ter feito muito no domingo. Dirigi até o limite do carro”, afirmou ao site britânico Sporting Life . “Óbvio que estou decepcionado por não ter vencido, mas sabemos que temos de melhorar o carro para os domingos. É um trabalho que precisamos aprimorar”, concluiu Webber.

Apesar da cobrança, o australiano não tem tanta certeza de que a corrida alemã é reflexo do que irá acontecer na segunda parte da temporada. “É difícil dizer. Agora iremos a uma pista que pode ser melhor para nós do que Nurburgring. Os domingos têm sido trabalhosos para nós ultimamente. Alonso brigou conosco na Turquia e em Valência, Hamilton em Barcelona, mas é cedo para prever”, ponderou o australiano.

O GP da Hungria acontecerá neste final de semana. Já nesta sexta-feira (29) começam os treinos livres para a corrida, que acontecerá no domingo (31), com acompanhamento de todos os detalhes do Tempo Real do iG .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.