Piloto venezuelano lamenta interrupção por conta de problemas com Petrov, e diz que quer ganhar pontos

A Williams mais uma vez não terminou o sábado como queria, e não foi bem na classificação para o GP da China . O estreante Pastor Maldonado, primeiro piloto a abandonar as provas anteriores, terminou o Q2 em 17º, enquanto seu companheiro de equipe, Rubens Barrichello, ficou em 15º.

Siga o iG automobilismo no Twitter

Ambos passaram para o Q2, mas, devido aos problemas de Vitaly Petrov com sua Renault, a bandeira vermelha foi erguida nos minutos finais da sessão, interrompendo suas voltas rápidas. Em seguida, a pista ficou lotada.

A equipe inglesa então abortou a corrida dos pilotos para preservar os pneus restantes para amanhã. Maldonado falou sobre a retirada dos carros em Xangai, e disse que aguarda ansiosamente por seus pontos.

“Estou um pouco desapontado pela bandeira vermelha, porque a volta que estava fazendo seria boa. Nós poderíamos brigar por um lugar nos dez primeiros hoje, então parece que fizemos algumas melhorias no carro. Precisamos nos manter trabalhando e concentrar nossas mentes para amanhã. Estou procurando por alguns pontos” falou o venezuelano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.