Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Maior campeão da F1, Schumacher completa 43 anos

Mais velho do grid, alemão encara o desafio de se manter competitivo em seu retorno à categoria

iG São Paulo |

Nesta terça-feira (3), Michael Schumacher comemora seu 43º aniversário. Maior campeão e um dos maiores recordistas da história da Fórmula 1, o alemão é também o mais velho no grid atualmente. Após conquistar sete títulos mundiais e passar por uma breve aposentadoria entre 2007 e 2009, ele se prepara para sua 19ª temporada este ano e ainda não tem planos de parar.


Leia também:
Hamilton vira modelo para revista e flerta com os Estados Unidos

Schumacher estreou na categoria em 1991, pela Jordan, e chegou a sua primeira vitória no ano seguinte, correndo pela Benetton – equipe na qual conquistou seus dois primeiros títulos, em 1994 e 1995. Em 1996, teve início sua era na Ferrari, em que somou mais cinco taças, chegando ao heptacampeonato em 2004.

Dentre os recordes que o piloto sustenta até hoje na F1, alguns dos mais notáveis são: maior número de títulos (7), de vitórias (91), pole positions (68) e pódios (154).

Apontado como um dos melhores pilotos de todos os tempos, Schumacher vive uma fase difícil desde que retornou às pistas, em 2010. Após três anos de aposentadoria, o alemão tem dificuldades para se adaptar à evolução dos carros e sofre especialmente com os pneus e com a redução do número de testes durante a temporada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Nos últimos dois anos, correndo pela Mercedes, o heptacampeão não conseguiu subir ao pódio e teve como melhor resultado o quarto lugar. Apesar do desempenho abaixo do esperado e de muitas críticas, Schumacher decidiu honrar seu contrato com a equipe, que vai até o final deste ano, e ainda está aberto à possibilidade de renovação.
 

Leia tudo sobre: F1Michael SchumacherrecordesheptacampeãoFerrariMercedesaniversário

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG