Escuderia recebeu aprovação para investir na atualização de suas instalações

Getty Images
Carro de Nick Heidfeld, da Lotus Renault, durante o fim de semana do GP de Mônaco
A Lotus Renault deu sinal verde para investimentos em um novo simulador, na base da equipe, em Enstone, no Reino Unido. O investimento é parte de uma atualização de suas instalações, que já contou com a melhoria do túnel de vento (aumento do seu tamanho em 60%) e a revisão da tecnologia do supercomputador.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A equipe estava atrás de seus rivais em termos de tecnologia de simulador nos últimos anos, com os times de ponta, como McLaren, Red Bull e Ferrari tendo investido pesadamente nessa área. Agora, no entanto, os novos donos da Renault concordaram em financiar os custos do novo simulador, que esperam estar pronto e funcionando até o final do ano.

O investimento vem na sequência de rumores no fim de semana em Mônaco de que a equipe estaria lutando para pagar suas contas. O chefe da escuderia, Eric Boullier, entretanto, declarou que essa especulação é incorreta e que a equipe está em dia com os pagamentos.

“Como qualquer negócio, temos alguns empréstimos para nosso investimento e para nossas próprias atividades, mas agora nós não temos dívida alguma com a Renault em 2011”, afirmou Boullier.

“Temos um contrato para vários anos e um acordo especial entre nós e a Renault, como quando você paga uma hipoteca. Temos alguns débitos pendentes para o futuro, mas isso é para o futuro – não é para este ano. Não temos absolutamente problema algum. Tudo está bem, perfeitamente bem”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.