Equipe anuncia desligamento amigável com Nick Heidfeld e brasileiro correrá as últimas sete etapas da temporada

Nesta sexta-feira (2), a Lotus Renault anunciou o desligamento de Nick Heidfeld e confirmou Bruno Senna como titular da equipe até o fim da temporada. O brasileiro fez sua estreia no Grande Prêmio da Bélgica e terminou na 13ª colocação. O francês Romain Grosjean, campeão da GP2 , seguirá como reserva da escuderia.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Bruno Senna será titular da Lotus Renault até o fim do ano
EFE
Bruno Senna será titular da Lotus Renault até o fim do ano

“Obviamente estou decepcionado por estar deixando a Lotus Renault no meio da temporada. Penso que ainda poderia dar uma grande contribuição para a equipe, mas tenho de ver as coisas como elas são e agora quero voltar minha atenção para o futuro. Tomamos a decisão certa e optamos por encerrar nossa colaboração hoje”, disse Heidfeld, que desistiu de seguir com a ação que havia entrado na justiça contra a escuderia .

Eric Boullier, chefe da equipe, comemorou o fato de não ter de enfrentar o piloto alemão nos tribunais. “O processo da nossa separação já era doloroso, e nenhum de nós queria passar por outra audiência legal. Somos muito gratos a Nick pela contribuição valiosa que ele deu à equipe”, declarou Boullier.

A próxima etapa da Fórmula 1 acontece no dia 11 de setembro, em Monza, na Itália. Será a segunda prova de Senna na temporada. Na Bélgica, o brasileiro conquistou um surpreendente sétimo lugar no treino classificatório , mas teve problemas durante a corrida e terminou apenas na 13ª colocação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.