Piloto britânico deu a entender que o ex-chefe de equipe não entende de Fórmula 1

Lewis Hamilton se disse fã das novidades no regulamento da Fórmula 1 desta temporada . Além de elogiar o KERS e os pneus Pirelli, de desgaste acentuado, o piloto britânico da McLaren comemorou o fato de ter oportunidades de ultrapassagem com a asa traseira móvel.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Já tínhamos o KERS antes, então a asa traseira móvel é provavelmente a maior novidade deste ano. Torna mais fácil perseguir alguém e ficar em condição de ultrapassar. Antes, era muito difícil ultrapassar. O que estamos tentando alcançar com isso é a chance de os pilotos terem a opção de ultrapassar. Claro que, em alguns casos, você passa alguém facilmente antes de chegar à região de frenagem”, disse Hamilton, citando como exemplo sua ultrapassagem sobre Michael Schumacher no Grande Prêmio da Europa .

“Eu o passei e ainda fui capaz de voltar ao traçado, então foi fácil demais”, completou.

O britânico aproveitou a manobra para alfinetar Eddie Jordan, ex-chefe de equipe e atual comentarista de F1 da emissora britânica BBC .

“Vi a reprise e Eddie Jordan falou que foi uma manobra especial. Isso mostra o quanto ele entende. Foi bom ouvi-lo dizer alguma coisa boa sobre mim”, declarou Hamilton.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.