Sessão marcou a estreia do novo Circuito de Buddh. Massa é sétimo, Senna 13º e Barrichello, 15º

Nesta sexta-feira (28), no primeiro evento oficial da história do Circuito Internacional de Buddh , Lewis Hamilton foi o mais rápido. O britânico cravou 1min26s836 e liderou o primeiro treino livre para o Grande Prêmio da Índia. No sábado (29), às 6h30 (de Brasília), acompanhe o treino classificatório no Tempo Real do iG .

Veja também: Entenda o uso da asa traseira móvel para o GP da Índia

Hamilton ficou na frente dos carros da Red Bull, já que Sebastian Vettel terminou em segundo, seguido por Mark Webber. Atrás dos pilotos da líder do Mundial de Construtores apareceu Jenson Button, na quarta colocação.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Entre os brasileiros, Felipe Massa foi sétimo, Bruno Senna 13º e Rubens Barrichello, 15º.

Companheiro de Massa na Ferrari, Fernando Alonso teve problemas na sessão. Faltando pouco mais de meia hora para o fim do treino, o carro do espanhol parou de funcionar, encerrando sua participação na prática. Ele acabou na última posição.

Logo nos primeiros minutos do treino, aconteceu algo curioso: um cachorro apareceu na pista, causando bandeira vermelha. Como poucos pilotos estavam fazendo voltas no momento, o incidente não chegou a prejudicar ninguém.

Por se tratar de um circuito novo, os pilotos mostraram dificuldades para achar os pontos de frenagem. Sebastian Vettel, Felipe Massa e Bruno Senna estiveram entre os que acabaram errando e deixando o traçado. O único que acabou batendo e danificando seu carro foi Jaime Alguersuari, quando faltavam cerca de dez minutos para o fim da sessão.

As equipes costumam aproveitar o primeiro treino das sextas-feiras para usar seus pilotos reservas. Porém, por se tratar de um circuito novo, a maioria das escuderias preferiu dar tempo de pista para os titulares. A exceção foi o indiano Karun Chandhok, da Team Lotus, que, por correr em casa, pôde assumir o lugar de Heikki Kovalainen nesta prática.

Vale lembrar que outro indiano, Narain Karthikeyan, será titular da Hispania neste fim de semana no lugar de Vitantonio Liuzzi. Nas duas últimas corridas do ano, no entanto, o italiano estará de volta ao assento.

Veja a classificação completa do primeiro treino livre para o GP da Índia:

1 – Lewis Hamilton (GBR) – McLaren – 1min26s836
2 – Sebastian Vettel (ALE) – Red Bull – 1min27s416
3 – Mark Webber (AUS) – Red Bull – 1min27s428
4 – Jenson Button (GBR) – McLaren – 1min28s394
5 – Michael Schumacher (ALE) – Mercedes – 1min28s531
6 – Nico Rosberg (ALE) – Mercedes – 1min28s542
7 – Felipe Massa (BRA) – Ferrari – 1min28s644
8 – Adrian Sutil (ALE) – Force India – 1min28s705
9 – Sébastien Buemi (SUI) – Toro Rosso – 1min29s219
10 – Kamui Kobayashi (JAP) – Sauber – 1min29s355
11 – Paul di Resta (GBR) – Force India – 1min29s700
12 – Vitaly Petrov (RUS) – Lotus Renault – 1min29s705
13 – Bruno Senna (BRA) – Lotus Renault – 1min29s799
14 – Sergio Pérez (MEX) – Sauber – 1min30s132
15 – Rubens Barrichello (BRA) – Williams – 1min30s367
16 – Jaime Alguersuari (ESP) – Toro Rosso – 1min30s566
17 – Pastor Maldonado (VEN) – Williams – 1min30s669
18 – Jarno Trulli (ITA) – Team Lotus – 1min30s818
19 – Karun Chandhok (IND) – Team Lotus – 1min32s487
20 – Timo Glock (ALE) – Virgin – 1min32s771
21 – Daniel Ricciardo (AUS) – Hispania – 1min33s928
22 – Narain Karthikeyan (IND) – Hispania – 1min34s113
23 – Jérôme D’Ambrosio (BEL) – Virgin – 1min35s796
24 – Fernando Alonso (ESP) – Ferrari – 1min35s899

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.