Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Kovalainen vê motor Renault como causa dos problemas da Lotus

De acordo com o finlandês, troca de motor afetou o sistema de resfriamento do carro, problema que o tirou do GP da Austrália

iG São Paulo |

O finlandês Heikki Kovalainen, da Team Lotus, não conseguiu completar o primeiro Grande Prêmio da temporada, na Austrália: teve de abandonar na 19ª volta por conta de um problema hidráulico. Por isso, o piloto apontou a confiabilidade do carro como principal dificuldade da equipe até aqui, e crê que a troca do fornecedor do motor seja a principal causa disso.

AP
Para Kovalainen, da Team Lotus, carro precisa ser mais confiável do que foi na Austrália
“Não estamos no nível que esperávamos depois dos testes de inverno. Tivemos problema com o sistema de resfriamento do carro durante o inverno, e foi por isso que tive de abandonar na Austrália. O motor Renault que nós temos agora vibra de uma maneira diferente que o Cosworth vibrava no ano passado. Essa é a maior razão dos nossos problemas”, disse Kovalainen, ao seu site oficial.

“No último dia de Barcelona, eu andei 138 voltas, e na Austrália o carro do Jarno (Trulli) durou até o final, então estamos nos aproximando de ter um sistema de resfriamento confiável”, completou, confiante. O piloto também contou suas primeiras impressões sobre os pneus Pirelli e sobre a asa traseira móvel, duas novidades desta temporada.

“Os pneus foram a maior surpresa do fim de semana – e positiva. Logo após o primeiro treino da sexta, ficou claro para todo mundo que os pneus durariam bem mais do que nos testes. Na Malásia, vai estar quente. Vamos ver se voltaremos à degradação de Barcelona ou se iremos avançar ainda mais do que em Melbourne”, declarou o finlandês.

“Tivemos algumas amostras da asa traseira móvel. Eu acho que vai funcionar melhor em outros circuitos do que funcionou em Melbourne. Eu sinto que é algo positivo e que vai ajudar a termos um pouco mais de ultrapassagens, mesmo que não sejam tantas quanto esperávamos”, concluiu Kovalainen.

Leia tudo sobre: Heikki KovalainenTeam Lotus

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG