Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Kobayashi brinca e diz que chineses dirigem mal

Japonês da Sauber, porém, afirmou que gosta muito da China e do circuito de Xangai

iG São Paulo |

O Grande Prêmio da Malásia foi favorável à equipe Sauber. Kamui Kobayashi acabou a prova na oitava posição, mas herdou um lugar de Lewis Hamilton - que foi punido em 20 segundos - e garantiu quatro pontos no Mundial de Pilotos. Após a prova, o japonês mostrou contentamento e disse esperar ansiosamente para a próxima prova na temporada, na China, no próximo fim de semana. 

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Para mim é uma pista excitante e sempre tive bons resultados lá. No ano passado não tive uma corrida brilhante, porque fui a vítima inocente de um acidente logo após o começo. No entanto, espero um bom desempenho no classificatório e na corrida”, falou Kobayashi.

Kobayashi mostrou alegria em correr mais uma vez na Ásia e contou gostar muito da China. “É um país muito grande e perto do Japão. Gosto da comida lá, então sempre aprecio visitar e acho interessante", disse. Mas o japonês não mostrou muita confiança no modo de dirigir dos chineses. "Não tenho confiança em dirigir nas estradas deles porque tenho um pouco de medo de como dirigem”, brincou o japonês.

O segundo piloto da Sauber, Sergio Pérez, também deu suas impressões sobre a prova em Xangai. “O circuito é bem desafiador. Gosto especialmente da reta muito rápida com a forte quebrada no fim. Espero que possa melhorar na classificação em relação à Malásia, mas meu principal objetivo é aprender e ganhar mais experiência”. O mexicano teve de abandonar a prova em Sepang.

O diretor técnico da equipe inglesa, James Key, falou sobre mudanças no carro. “Com a pequena distância entre os GP´s não planejamos trazer muitas novidades no carro, mas sempre temos algumas coisas para testarmos”, aifrmou.
 

Leia tudo sobre: Kamui KobayashiSauberSergio Pérez

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG