Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Karthikeyan diz que equipes pequenas são importantes para a F1

Piloto indiano da Hispania afirmou que as escuderias menores beneficiam a categoria

iG São Paulo |

Narain Karthikeyan, piloto da Hispania, afirmou que sua equipe, que ainda não pontuou nesta temporada, é importante para a Formula 1. De acordo com o piloto de 34 anos, "a hierarquia torna o esporte interessante" e é benéfica por, entre outros motivos, inserir os jovens competidores na categoria.

Siga o iG automobilismo no Twitter.

A Hispania ficou de fora no GP da Austrália por conta da regra dos 107%, e a possibilidade de falência da equipe chegou a ser comentada. No entanto, Karthikeyan apontou o crescimento que a escuderia teve nos dois GPs posteriores. “Reunimos nossas capacidades e fizemos um carro bem ajustado”, explicou. “A sobrevivência é algo importante”, disse o indiano, que também lamentou o fato do seu time não ter KERS.

Além da desqualificação prévia na estreia da temporada, Karthikeyan e seu companheiro Vitantonio Liuzzi abandonaram a segunda prova do ano, na Malásia, e ficaram com as duas últimas posições no Grande Prêmio da China. Entretanto, como a Hispania não teve tanta freqüência nos testes de pré-temporada, o indiano considera que o aprendizado sobre o bólido ainda continua.

Dessa maneira, pretende buscar posições melhores só a partir do GP da Índia, antepenúltimo da temporada. “Tivemos poucas oportunidades de treinar no inverno, mas estamos reunindo as atualizações e estou certo de que vamos melhorar para o GP da Índia”, afirmou.

Leia tudo sobre: HispaniaNarain Karthikeyan

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG