Tricampeão mundial acredita que os competidores da F1 se arriscam demais nas pistas

Depois dos acidentes fatais de Dan Wheldon e Marco Simoncelli , Jackie Stewart, tricampeão mundial de Fórmula 1 , acredita que os pilotos deveriam ter mais poder nas questões relativas à segurança do automobilismo. De acordo com o britânico, são os competidores que estão arriscando suas vidas e são eles que têm a real noção do que acontece nas pistas.

Veja também: Fãs se despedem de Simoncelli em velório na Itália

“Eu ainda acredito que os pilotos deveriam ter uma importância maior no que diz respeito à segurança. São os pilotos que estão lá e, uma vez que eu sei o que vários dos oficiais dizem, eles não sabem nada a respeito da ciência e da dinâmica e nós sabemos, nós medimos essa dinâmica. No fim das contas, é o piloto quem está atrás do volante e ele sabe o limite do carro”, disse Stewart, que está na Índia para acompanhar o GP local. A corrida será disputada neste domingo (30), às 7h30 (de Brasília).

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O tricampeão mundial, no entanto, acredita que os pilotos da Fórmula 1 se arriscam demais durante as corridas.

“No nosso tempo, jamais arriscaríamos sofrer acidentes porque a dinâmica de uma batida era tão óbvia que todo mundo dizia que você não poderia arriscar. Agora, eles estão arriscando e estão saindo impunes, então eles acham que está tudo bem quando se arrisca. Os fatos recentes podem acordá-los. Há um risco enorme, se você se aproximar de um carro e ele se mover na sua direção, você pode morrer”, declarou Stewart.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.