Brasileiro, sétimo colocado no Japão, diz que perdeu a paciência e pede punição ao britânico

Envolvido mais uma vez em um toque com Lewis Hamilton durante disputa por posições no Grande Prêmio do Japão de Fórmula 1 , Felipe Massa pediu à Federação Internacional de Automobilismo (FIA) uma punição ao piloto da McLaren. Os dois se chocaram durante disputa por posição em Suzuka e a Ferrari do brasileiro sofreu danos no assoalho, além de perder um pedaço da asa dianteira.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Os dois também se envolveram em acidente no GP de Cingapura , na última semana, em que Hamilton furou um dos pneus traseiros de Massa com o bico de seu carro, obrigando o brasileiro a realizar uma parada a mais do que o previsto. Depois da prova, o ferrarista tirou satisfação com o britânico durante entrevista .

"Eles puniram pessoas por muito menos esse ano e desta vez não fizeram nada. É a segunda vez seguida, depois de um problema na última corrida. Também aconteceu muitas outras vezes neste ano. A FIA precisa tomar conta disso. Eles são os únicos que podem resolver o problema", reclamou o sétimo colocado em Suzuka.

O incidente foi analisado durante a prova pelos comissários do GP do Japão, que julgaram o toque como situação de corrida. Para Hamilton, o acidente de pequenas proporções foi causado porque ele não conseguiu enxergar a Ferrari do brasileiro no retrovisor, mas a justificativa do britânico não convenceu Massa.

"Eu estava muito mais rápido e fui pela esquerda. Continuei na minha linha e ele jogou o carro dele e tocou o meu. Não há mais nada para falar. Não ligo para o que ele diz", afirmou o brasileiro, que descartou dialogar novamente com o britânico. "Ele não aprende. Já passou do tempo de conversar, o que eu tentei e ele não", concluiu.

Logo após a prova, "Massa and Hamilton" era um dos assuntos mais falados no Twitter . Os fãs de F1 trataram com bom humor a rivalidade entre os pilotos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.