Piloto estava hospitalizado desde março, quando sofreu grave acidente em prova de rali

O polonês Robert Kubica sofreu, mas conseguiu se recuperar do grave acidente sofrido na Itália em março, durante uma prova de rali. Após ter alta do hospital em que estava internado, ele poderá sentir agora uma nova dor, mas desta vez no bolso - a conta de seu tratamento custará mais de 100 mil euros (R$ 233,2 mil).

Siga o iG automobilismo no Twitter

No entanto, o valor a ser pago não sairá inteiramente de Kubica. Ele se utilizará do seguro de vida para quitar a dívida contraída pela sua internação no Hospital Santa Corona, na região de Pietra Ligure. Ele foi tratado durante 76 dias até ter alta, na última semana, e seguirá seu tratamento em casa.

Sua recuperação, aliás, o impediu de acompanhar a beatificação do papa João Paulo II. Nascido na Polônia como Karol Wojtyla, o papa morto em 2005 contava com a simpatia de Kubica, assumidamente católico - o piloto até carregava em seu capacete uma frase dedicada a ele. Convidado pelo Vaticano, o piloto foi obrigado pelos médicos a recusar por falta de condições de saúde.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.