Alemão fez o quarto tempo em sessão na Malásia. Com apenas um teste, Senna é o tereiro. Razia também já guiou. Veja os desempenhos

Getty Images
Reserva da Lotus Renault, Bruno Senna é um dos pilotos de teste que teve tempo de pista em 2010
No Grande Prêmio da Hungria , etapa mais recente da temporada , o brasileiro Bruno Senna fez sua estreia em um evento oficial da Fórmula 1 em 2011. No primeiro treino livre , o brasileiro guiou a Lotus Renault de Nick Heidfeld . No restante do fim de semana, o alemão retomou o carro. Este tipo de prática é comum na categoria – as equipes usam as sessões das sextas-feiras para testarem e darem ritmo aos seus reservas.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Outro brasileiro também teve sua chance. Luiz Razia guiou pela Team Lotus no primeiro treino livre para o Grande Prêmio da China . Porém, com problemas no carro – originalmente de Jarno Trulli – o piloto conseguiu dar apenas nove voltas e acabou a prática na 23ª colocação. Razia, que também corre na GP2 , deve voltar a participar de treinos na Fórmula 1 ainda nesta temporada, provavelmente nos fins de semana dos GPs de Abu Dhabi e do Brasil.

A Team Lotus é a equipe que mais pilotos reservas usou até agora. Davide Valsecchi, companheiro de equipe de Razia na GP2, guiou o carro de Heikki Kovalainen no primeiro treino livre para o Grande Prêmio da Malásia e obteve resultado um pouco melhor que o do brasileiro: terminou a sessão em 21º. Mas foi Karun Chandhok quem recebeu as maiores oportunidades da equipe.

O indiano chegou a Nurburgring após ter corrido em quatro treinos livres. Lá, recebeu a chance de disputar o Grande Prêmio da Alemanha no lugar de Trulli. Chandhok, que tem um 20º lugar como melhor desempenho em sete treinos livres disputados, repetiu esse resultado tanto no classificatório quanto na corrida.

Apesar da presença em sete treinos livres, Chandhok não foi o reserva que mais teve tempo na pista neste ano. O alemão Nico Hulkenberg, da Force India, participou de dez sessões de sexta-feira na temporada – correu em todos os finais de semana, menos em Mônaco . O piloto, que em 2010 foi companheiro de Rubens Barrichello na Williams, conseguiu como melhor resultado o quarto lugar no primeiro treino livre para o Grande Prêmio da Malásia – foi a melhor marca de um reserva na temporada até aqui ( veja tabela ).

Sai Karthikeyan, entra Ricciardo

A presença de Chandhok na Team Lotus não foi definitiva: o indiano correu no lugar de Trulli em apenas um GP. Outro piloto, no entanto, virou titular depois de começar a temporada como reserva. Trata-se de Daniel Ricciardo.

Fruto do programa de jovens pilotos da Red Bull, Ricciardo começou a temporada como reserva da Toro Rosso. Nesta condição, disputou treinos livres em todas as oito primeiras etapas da temporada, obtendo como melhor resultado o oitavo lugar, na Turquia .

A partir do Grande Prêmio da Grã-Bretanha , Ricciardo assumiu um assento na Hispania, no lugar de Narain Karthikeyan. O australiano manteve o vínculo com a Red Bull, enquanto o indiano já disputou um treino livre na condição de piloto de testes – na Alemanha, terminou a primeira sessão de sexta-feira na 20ª colocação.

Substituição de última hora

A única equipe que, contra sua vontade, teve de recorrer a um reserva durante a temporada, foi a Sauber. Sergio Pérez, titular da escuderia, se machucou após acidente no treino classificatório para o Grande Prêmio de Mônaco e, além de perder a prova do Principado, não correu no Canadá .

Sem contar com o mexicano, a Sauber recorreu a Pedro de la Rosa, reserva da McLaren, para correr em Montreal. Lá, o espanhol, que havia largado em 17º, terminou a prova na 12ª posição. Nos treinos livres, também foi um 17º lugar o seu melhor resultado.

Veja o desempenho dos pilotos reservas nesta temporada:

Piloto Equipe Treinos no ano Melhor resultado Pior resultado
Nico Hulkenberg (ALE) Force India 10 18º
Daniel Ricciardo (AUS) Toro Rosso 8 16º
Bruno Senna (BRA) Lotus Renault 1 15º 15º
Pedro de la Rosa (ESP) Sauber 2 17º 18º
Karun Chandhok (IND) Team Lotus 7 20º 24º
Davide Valsecchi (ITA) Team Lotus 1 21º 21º
Luiz Razia (BRA) Team Lotus 1 23º 23º

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.