Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Horner nega jogo de equipe e torce por Webber mais confiante

Chefe da Red Bull espera que vitória na etapa final da temporada dê ânimo ao australiano para 2012

iG São Paulo |

O chefe da Red Bull, Christian Horner, acredita que a vitória de Mark Webber na última etapa da temporada, em Interlagos, dará confiança ao australiano para 2012. O dirigente também negou que tenha sido realizado jogo de equipe no domingo.

Leia também: Lauda prevê disputa apertada entre Red Bull e McLaren em 2012

Sem nenhuma outra vitória no ano, Webber ganhou o GP do Brasil após seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, sofrer problemas no câmbio. Apesar das circunstâncias, Horner confia que o triunfo será suficiente para deixar o australiano mais confiante para a próxima temporada.

“É ótimo que Mark tenha vencido uma corrida. Acho que seria muito, muito difícil para ele ir para as férias com Vettel tendo vencido 11 corridas e ele nenhuma”, disse Horner. "Então, para ele, sem dúvida, uma das melhores provas para vencer é a última. Isso o coloca muito bem para o fim do ano, e ele poderá refletir melhor sobre essa temporada”, acrescentou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O dirigente minimizou a importância de qualquer decepção que Webber possa ter sentido por ter vencido apenas por conta dos problemas mecânicos de Vettel. Ele ainda negou que a Red Bull tenha inventado o problema no carro do alemão para entregar a vitória ao australiano.

"Se Mark está um pouco quieto, imagino que é porque ele teria adorado bater Sebastian em uma briga direta e justa. Mas herdar uma liderança, todo o piloto vai passar por isso”, explicou o chefe da Red Bull.

"Isso é parte da corrida, mas se qualquer pessoa pensar que foi inventado de alguma forma, posso absolutamente garantir que, baseado na pressão sanguínea dentro dos boxes, foi um problema genuíno, genuíno”, afirmou.
 

Leia tudo sobre: F1Christian HornerRed BullMark WebberSebastian VettelGP do Brasil

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG