Piloto da Renault havia largado na 15ª colocação e, com os pontos conquistados, melhorou no Mundial

Nick Heidfeld, da Lotus Renault, terminou a corrida deste domingo (29) em Mônaco em 8º lugar. Com os quatro pontos somados, o alemão subiu uma posição no Mundial de Pilotos e acgora ocupa a 6ª posição.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O piloto da equipe francesa aprovou a estratégia da escuderia e comentou sobre a situação de Vitaly Petrov, que bateu forte no fim da corrida. “Primeiramente, estou feliz que Vitaly está bem. Ouvir que ele não quebrou ou fraturou nada é uma boa notícia. Ele estava em uma boa posição e foi muita falta de sorte ter acontecido o incidente”, declarou Heidfeld. “Quando o safety car saiu, recebi tarde um chamado para os boxes, mas parei, o que definitivamente me ajudou”.

O piloto, que largou em 15º, mostrou-se satisfeito com a colocação, levando em conta o desempenho decepcionante no treino classificatório. “O começo da corrida foi ok, quase ultrapassei uma das Force Indias, mas infelizmente não consegui tomar o lugar. Foi um fim de semana difícil para nós, mas conseguir 4 pontos para a equipe é bom se levarmos em consideração a minha posição no grid de largada", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.