Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Heidfeld exalta boa largada e briga por posição com Webber

Piloto alemão da Renault largou em sexto e terminou na terciera posição no Grande Prêmio da Malásia

iG São Paulo |

Na largada para o Grande Prêmio da Malásia, neste domingo, o alemão Nick Heidfeld, da Lotus Renault, saltou da sexta para a segunda colocação, e ficou atrás apenas do compatriota Sebastian Vettel. Para o piloto, este início de prova foi fundamental para que, no final, ele pudesse chegar em terceiro.

Siga o iG Automobilismo no Twitter.

Divulgação
No GP da Malásia, Nick Heidfeld foi ao pódio pela primeira vez nesta temporada
“A largada foi fantástica. Boa diversão, de fato. Na Austrália, eu ganhei algumas posições na largada, mas eu não esperava que o mesmo fosse acontecer comigo largando em sexto, e não em 18º. Na verdade, me vi brigando com Sebastian, que me viu no retrovisor e conseguiu me manter atrás dele. Depois disso, eu fiz o melhor que pude, mas Sebastian estava um pouco mais rápido”, confessou Heidfeld.

No final da corrida, o competidor contou com o KERS para se defender do ataque de Mark Webber e garantir seu lugar no pódio.

“Creio que ele estava com pneus novos, mas ele deve ter começado a sofrer com a degradação, e felizmente isso foi suficiente para mantê-lo atrás de mim. Além disso, nós tivemos o KERS e eu tentei usá-lo, não para melhorar o tempo das voltas, mas para me defender. Foi de grande ajuda”, contou.

Heidfeld também elogiou o início de temporada de Vettel – que ganhou as duas primeiras provas da temporada –, colocando o alemão como o homem a ser batido.

“Acho que isso é óbvio. Ele foi o mais rápido nas duas primeiras corridas”, opinou.

Leia tudo sobre: Nick HeidfeldLotus Renault

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG