Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Hamilton volta atrás e diz que ainda não desistiu do título

Após dar campeonato como perdido, piloto da McLaren declara no Twitter que continuará na briga

EFE |

O piloto Lewis Hamilton, da McLaren, havia afirmado no domingo (26), depois do Grande Prêmio da Europa, que o título desta temporada já estava definido a favor do alemão Sebastian Vettel. No entanto, o britânico voltou atrás nesta segunda-feira (27) e disse que não jogará a toalha enquanto tiver chances matemáticas.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Esqueçam tudo o que vocês leram nos jornais hoje (segunda-feira). Minha equipe jamais desistirá (do título) e eu não desistirei", escreveu o campeão mundial de 2008 em sua conta no Twitter.

Também no domingo, Hamilton chegou a dizer que a McLaren não é rápida o suficiente para vencer o GP da Grã-Bretanha, no próximo dia 10, mas mesmo assim pediu apoio de seus compatriotas para ele e para a escuderia. "Vindo para Silverstone, o apoio de vocês fará um mundo de diferença para nós. Estou indo para a fábrica agora para fazer tudo que eu puder com a equipe", disse o piloto.

Ainda em declarações à imprensa quando estava em Valência, Hamilton comentou a proibição do difusor aquecido e considerou a medida da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) prejudicial para a McLaren. "Estou um pouco nervoso. Vamos ver quais são os efeitos da proibição, mas acredito que nós seremos mais prejudicados que as outras duas equipes que estão à frente (Red Bull e Ferrari)", opinou.

Leia tudo sobre: F1Lewis HamiltonMcLaren

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG