Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Hamilton supera Vettel e vence o Grande Prêmio da China

Em corrida emocionante, piloto da McLaren ultrapassou Massa e Vettel no fim para conquistar primeira vitória no ano

iG São Paulo |

Não foi Sebastian Vettel quem subiu no lugar mais alto do pódio desta vez. Neste domingo, no Grande Prêmio da China, o britânico Lewis Hamilton ultrapassou o alemão faltando quatro voltas para o fim da corrida e garantiu sua primeira vitória na temporada, assumindo a vice-liderança do Mundial de Pilotos.

Siga o iG Automobilismo no Twitter.

Pela primeira vez no ano, Sebastian Vettel, que largou na pole position pela terceira vez, não conseguiu manter a liderança. Logo no início, o alemão perdeu posição para as McLarens de Jenson Button e Lewis Hamilton.

Vettel passaria os rivais na 15ª volta. Logo depois de ganhar a posição de Hamilton na pista, o alemão foi para os boxes ao mesmo tempo que Button. Pressionado, o britânico se enganou e freou na garagem da Red Bull, perdendo um precioso tempo. Resultado: voltou para a pista atrás do adversário.

Os três voltaram atrás de Nico Rosberg, da Mercedes, primeiro do grupo da frente a parar para trocar os pneus. O alemão voltou para os boxes na 26ª volta – giro em que Vettel assumiu a liderança. Voltou a ficar na frente após as rodadas de pit stop, mas não conseguiu segurar Hamilton nas voltas finais - o britânico parou depois e terminou com pneus mais inteiros. 

Getty Images
Hamilton e mecânicos da McLaren comemoram vitória na China

Companheiro de Vettel na Red Bull, Mark Webber, que largou em 18º, conseguiu ganhar 15 posições para chegar ao pódio. Jenson Button, o outro piloto da McLaren, chegou na quarta posição. A Ferrari conseguiu o sexto lugar com o brasileiro Felipe Massa e o sétimo com Fernando Alonso.

O quinto colocado foi Nico Rosberg, da Mercedes. Seu companheiro Michael Schumacher, oitavo, o russo Vitaly Petrov, da Lotus Renault, nono, e o japonês Kamui Kobayashi, da Sauber, décimo, completaram o top dez.

Rubens Barrichello, da Williams, conseguiu completar sua primeira corrida na temporada e ficou com a 13ª posição, cinco à frente de seu companheiro de equipe Pastor Maldonado.

Confira a classificação completa do GP da China:

1 – Lewis Hamilton (GBR) – McLaren
2 – Sebastian Vettel (ALE) – Red Bull – a 5s1
3 – Mark Webber (AUS) – Red Bull – a 7s5
4 – Jenson Button (GBR) – McLaren – a 10s0
5 – Nico Rosberg (ALE) – Mercedes – a 13s4
6 – Felipe Massa (BRA) – Ferrari – a 15s8
7 – Fernando Alonso (ESP) – Ferrari – a 30s6
8 – Michael Schumacher (ALE) – Mercedes – a 31s0
9 – Vitaly Petrov (RUS) – Lotus Renault – a 57s4
10 – Kamui Kobayashi (JAP) – Sauber – a 1min03s2
11 – Paul di Resta (GBR) – Force India – a 1min08s7
12 – Nick Heidfeld (ALE) – Lotus Renault – a 1min12s7
13 – Rubens Barrichello (BRA) – Williams – a 1min30s1
14 – Sebastien Buemi (SUI) – Toro Rosso – a 1min30s6
15 – Adrian Sutil (ALE) – Force India – a uma volta
16 – Heikki Kovalainen – Team Lotus – a uma volta
17 – Sergio Pérez (MEX) – Sauber – a uma volta
18 – Pastor Maldonado (VEN) – Williams – a uma volta
19 – Jarno Trulli (ITA) – Team Lotus – a uma volta
20 – Jerome D’Ambrosio – Virgin – a duas voltas
21 – Timo Glock (ALE) – Virgin – a duas voltas
22 – Vitantonio Liuzzi – Hispania – a duas voltas
23 – Narain Karthikeyan – Hispania – a duas voltas
24 – Jaime Alguersuari (ESP) – Toro Rosso – abandonou

Leia tudo sobre: Lewis HamiltonMcLarenGP da China

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG