Britânico elogia escuderia italiana, mas diz que não tem planos de correr pela equipe no futuro próximo

O inglês Lewis Hamilton não pensa em ir para a Ferrari no momento, mas não descarta uma possível migração nos próximos anos. Piloto da McLaren desde o início de sua carreira, Hamilton deixa as portas abertas para a escuderia italiana no futuro.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Neste momento, não tenho um plano a respeito da Ferrari e tampouco isto faz parte dos meus desejos. Não é algo que preciso fazer. No entanto, estamos falando de uma equipe fantástica e nunca se sabe o que pode acontecer no futuro", disse Hamilton nesta quarta-feira (3), em entrevista ao jornal espanhol As .

Recentemente, o chefe de equipe da Ferrari, Stefano Domenicali, cogitou a possibilidade de trazer Hamilton para a escuderia, apesar de ter um longo contrato com Fernando Alonso . Os dois pilotos foram companheiros de equipe na McLaren, em 2007, mas o relacionamento entre eles não bom.

Apesar das críticas mútuas e das disputas da época em que defendiam a mesma escuderia, Hamilton elogiou a capacidade de Alonso e disse que aprendeu bastante ao lado do espanhol.

"Ele é um piloto muito rápido, com um talento extraordinário e uma velocidade incrível. Você sabe que ele sempre dará o máximo e tirará o melhor do carro. Aprendi muito com ele. Consegui melhorar minha pilotagem graças ao fato de tê-lo como companheiro", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.