Tamanho do texto

Britânico acredita que poderia ter conseguido uma posição melhor se tivesse mais uma saída no Q3

Lewis Hamilton conquistou a quarta colocação no treino classificatório para o Grande Prêmio de Cingapura deste sábado (24). O britânico lamentou o tempo que passou preso atrás de Fernando Alonso – segundo ele, seria possível ganhar posições naquele setor se não fossem pelos problemas em seu carro.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Perdi algum tempo atrás de Fernando quando estava a menos de um segundo dele no último setor da volta. Se eu pudesse ter outra volta no Q3, eu provavelmente poderia ganhar algum tempo ali. Mas, de modo geral, a quarta posição não é ruim e, como eu disse, o mais animador é que ainda poderemos melhorar”, disse Hamilton.

O piloto britânico teve um treino classificatório conturbado, passando por problemas nas três partes da prática.

“No Q1, eu danifiquei parte do assoalho nas zebras, e os mecânicos fizeram um trabalho absolutamente fantástico para consertá-lo para a próxima sessão. Ainda não tenho certeza de como eu furei o pneu no fim do Q2. Passei por uma zebra na curva 10 e de repente os sensores dos pneus detectaram uma súbita perda de pressão. No fim do Q3, tivemos um problema com o processo de reabastecimento e não conseguimos colocar o combustível no carro a tempo”, contou Hamilton, que não conseguiu partir para sua saída final no Q3.

O Grande Prêmio de Cingapura será disputado no domingo (25), às 9h (de Brasília). O iG acompanha a prova em tempo real .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.