Piloto britânico da McLaren acredita que ainda tem chances de vencer o campeonato neste ano

Apesar da vitória de Sebastian Vettel, Lewis Hamilton foi o centro das atenções após o Grande Prêmio de Mônaco . Sexto colocado na prova, o britânico se envolveu nos acidentes que causaram o abandono de Felipe Massa e Pastor Maldonado e a contusão de Vitaly Petrov . Mesmo com tudo isso – e com as punições que recebeu – o piloto disse que vai manter seu estilo agressivo.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Foi isso que me trouxe até aqui, é assim que eu sou. Não quero ofender as pessoas ou machucá-las mais. Eu estou aqui porque amo correr, e sinto que posso fazer isso melhor que os outros. Estou aqui para correr e vencer. Se eu perder essa paixão, correr perde o sentido”, disse Hamilton, que se desculpou por ter chamado Massa e Maldonado de “ridículos” .

O britânico é o atual segundo colocado no Mundial de Pilotos , com 85 pontos – 58 a menos do que o líder Sebastian Vettel. Mesmo assim, Hamilton acredita que ainda pode ser campeão nesta temporada.

“É uma diferença grande, mas eu vou me concentrar em fazer o melhor trabalho possível, e não no Sebastian. Se minha sorte eventualmente mudar e as coisas começarem a dar certo, quem sabe”, disse o piloto da McLaren.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.