De acordo com o britânico, carros da equipe italiana ajudaram Vettel a manter-se na frente na Espanha

Às vésperas do Grande Prêmio de Mônaco, Lewis Hamilton disse que, durante o GP da Espanha , os pilotos da Toro Rosso fizeram manobras para ajudar a Red Bull, uma espécie de equipe irmã da escuderia italiana. O piloto britânico disse que foi bloqueado enquanto tentava atacar Sebastian Vettel, então líder da prova.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Esse tipo de coisa não deveria acontecer. Eles deixaram ele (Vettel) passar e me seguraram por algumas curvas. Se isso continuar acontecendo, algumas penalidades deveriam ser impostas. Eu não vou reclamar, mas mencionei o caso para minha equipe para que eles possam levá-lo à FIA e terem certeza de que os fiscais de prova estejam cientes disso”, disse Hamilton.

Chefe de equipe da Red Bull, Christian Horner negou que sua escuderia seja ajudada pela Toro Rosso.

“Os pilotos da Toro Rosso frequentemente recebem esse tipo de reclamação dos nossos pilotos também. Não existe discussão entre as equipes. Elas operam de maneira independente. Não existem táticas para ajudar essa ou aquela equipe”, afirmou Horner.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.