Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Hamilton acredita que pode vencer Red Bull na Itália

Piloto da McLaren foi o mais rápido do primeiro dia de testes em Monza

Gazeta |

O piloto Lewis Hamilton, da McLaren, disse nesta sexta-feira (9), após os treinos livres em Monza, que acredita que sua equipe pode vencer a rival Red Bull no Grande Prêmio da Itália. O inglês marcou a volta mais rápida do dia na primeira prática e ficou em segundo na sessão seguinte. Neste sábado (10), às 9h (de Brasília), acompanhe o treino classificatório no Tempo Real do iG.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Acho que fomos muito bem. Não estou preocupado com a Red Bull", afirmou Hamilton.

"Tanto eu quanto Jenson estamos muito felizes com o carro. Acho que estamos em uma posição forte. As Red Bulls pareciam muito forte no fim, mas eu tenho quase certeza de que eles não tinham o mesmo nível de combustível do que a gente. Faremos umas pequenas mudanças hoje de noite, mas acho que podemos desafiá-los. Estou otimista para amanhã", acrescentou.

O piloto, que no início da temporada não poupou críticas ao modelo 2011 do carro da McLaren, elogiou o trabalho que vem sendo realizado ao longo do ano. Mesmo assim, ele admite que vencer a atual campeã é muito complicado.

"O carro estava muito, mas muito bom. Ele estava com uma sensação ótima. Nosso ritmo para uma corrida longa não parece ruim, então confio que estamos competitivos, mas será uma prova muito dura nestas condições. Acho que estamos bem, mas não sei o que as Red Bulls estão fazendo. Eles foram muito rápidos na última sessão, então batê-los será difícil, mas não impossível", concluiu.

O Grande Prêmio da Itália será disputado no domingo (11), às 9h (de Brasília).

Leia tudo sobre: F1Lewis HamiltonMcLarenRed Bull

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG