Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Grupo Lotus contrata Gordon Murray como conselheiro

Sul-africano trabalhou na Fórmula 1 entre 1969 e 2006, conquistando seis Mundiais de Construtores

iG São Paulo |

Nesta terça-feira (30), o Grupo Lotus anunciou a contratação de Gordon Murray. O sul-africano, que trabalhou na Fórmula 1 entre 1969 e 2006, fará parte do Conselho da empresa, patrocinadora da Lotus Renault.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Por anos eu fui um grande admirador da Lotus, tenho grande respeito pelo legado que Colin Chapman criou, e acho que o que Dany Bahar e a equipe estão fazendo é uma coisa realmente boa para a marca. Ele está pegando a força dos princípios de Chapman e elevando o nível dos negócios, enquanto mantém a ética, o que não é uma tarefa fácil. Estou realmente ansioso para contribuir com o Grupo Lotus durante este período emocionante”, disse Murray, referindo-se ao presidente da empresa.

O sul-africano deu seus primeiros passos na Fórmula 1 em 1969, pela Brabham. Ficou na escuderia até 1986, e ajudou Nelson Piquet a ser campeão em 1981 e 1983 pela equipe.

Em 1987, Murray transferiu-se para a McLaren, equipe em que ficou até 2006, quando deixou a F1. Como diretor técnico, ele ajudou a escuderia a ganhar o Mundial de Construtores em 1988, 1989, 1990, 1991, 1998 e 1999. Todos os três títulos de Ayrton Senna – 1988, 1990 e 1991 – foram conquistados em parceria com o sul-africano.

Leia tudo sobre: F1Gordon MurrayLotus Renault

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG