Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Grupo de direitos humanos celebra possível fim do GP do Bahrein

Bernie Ecclestone disse recentemente que a corrida não deve acontecer nesta temporada

iG São Paulo |

Representante do Avaaz, organização de campanhas mundiais a favor dos direitos humanos, Alex Wilkins comemorou as declarações de Bernie Ecclestone, que deu a entender que o Grande Prêmio do Bahrein deve ser cancelado. O diretor de campanhas da entidade disse que a suspensão da corrida seria uma vitória para a população local.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Recebemos bem as notícias de Bernie Ecclestone, que disse que o Grande Prêmio do Bahrein não deve mais acontecer. Essa é uma tremenda vitória para o corajoso povo do Bahrein, que, junto com nomes fortes da Fórmula 1, conseguiu uma veemente oposição que forçou essa inversão”, declarou Wilkins.

O diretor da Avaaz disse que não condenaria um possível retorno da F1 no Bahrein, desde que as condições do país estejam comprovadamente melhores.

“A Fórmula 1 deve considerar um retorno apenas quando estiver confirmado que a tortura e a prisão de civis inocentes tenha parado e que os prisioneiros políticos tenham sido libertados”, opinou Wilkins.

Leia tudo sobre: GP do BahreinF1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG