No classificatório deste sábado em Silverstone, Paul di Resta conseguiu vaga no Q3 ao lado de Button e Hamilton

O bom desempenho de Paul di Resta neste sábado (9) no treino classificatório para o Grande Prêmio da Grã-Bretanha fez com que o Reino Unido voltasse a ter três pilotos “da casa” entre os dez primeiros do grid pela primeira vez em mais de dez anos. O piloto da Force India vai sair em sexto na corrida de domingo (10), uma posição atrás de Jenson Button e quatro à frente de Lewis Hamilton. Isso não acontecia desde 2000.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Naquela temporada, quatro pilotos do Reino Unido participaram do treino classificatório para o GP da Grã-Bretanha. David Coutlhard conseguiu a quarta colocação no grid, Jenson Button a sexta e Eddie Irvine a nona. Por fim, Johnny Herbert foi o 14º mais veloz naquela sessão.

Do quarteto, dois pilotos conseguiram pontuar. David Coutlhard, inclusive, fez a alegria do público local vencendo a corrida pela McLaren, enquanto Jenson Button chegou em quinto, pela Williams. Johnny Herbert e Eddie Irvine, dupla da Jaguar, ficaram na 12ª e na 13ª colocação, respectivamente.

Antes desta temporada , o Reino Unido teve cinco chances para repetir a marca: os GPs da Grã-Bretanha de 2001, 2002, 2003, 2007 e 2008. Porém, em nenhuma dessas oportunidades mais de um piloto conseguiu largar entre os dez primeiros.

Além disso, será a primeira vez desde o GP da Áustria de 1977 que dois pilotos da Austrália vão alinhar no grid. Alan Jones venceu aquela prova, e Vern Schuppan foi o 16º. Neste domingo, Mark Webber vai largar na pole position, enquanto Daniel Ricciardo saíra na 24ª e última posição.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.