Tamanho do texto

Programada para abrir a temporada, prova havia sido suspensa por conta da situação política do país

Nesta sexta-feira (3), após reunião do Conselho Mundial de Automobilismo, foi decidido que o Grande Prêmio do Bahrein, que inicialmente deveria abrir a temporada da Fórmula 1 , foi remarcado para o dia 30 de outubro. A prova foi suspensa por conta da instabilidade política no país e corria risco de ser cancelada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A decisão mexeu também com o GP da Índia, que estrearia nesta temporada no dia 30 de outubro. A corrida indiana ainda não tem data certa, mas cogita-se que será disputada em 4 ou 11 de dezembro , depois do GP do Brasil, que a princípio seria o último deste ano.

Após o anúncio da decisão, Zayed Rashid Alzayani, presidente do Circuito Internacional do Bahrein, comemorou a decisão da FIA .

Nesta quinta-feira, véspera da decisão, o Bahrein viveu dia de conflitos entre policiais e manifestantes .

Antes da reunião, Bernie Ecclestone, chefe da Fórmula 1, disse que a decisão levaria em conta o lado humano, e não financeiro . Caso a prova fosse cancelada, a categoria poderia sofrer um prejuízo de até R$ 65 milhões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.