Acionista da Renault diz que recuperação do piloto vai bem, mas seu retorno às pistas não deve acontecer este ano

O polonês Robert Kubica tem tido uma boa recuperação do gravíssimo acidente que sofreu ainda no mês de fevereiro, durante uma prova de rali. No entanto, ele não deve retornar às pistas ainda neste ano. Pelo menos é o que acredita o principal acionista da equipe Renault, Gerard Lopez.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O dirigente acredita que o piloto poderá, sim, voltar a dirigir no futuro conforme o ritmo da sua recuperação. Ele realizará uma cirurgia no cotovelo para melhorar os movimentos e a musculatura da região , o que, no entanto, põe a data de seu retorno como uma incógnita.

"Acredito que (sua recuperação) está indo bem. Claro que é uma batalha difícil para ele, mas se tem alguém que pode conseguir se recuperar e voltar, é ele. Infelizmente, não é o primeiro grande acidente de Robert", afirmou Lopez, em entrevista ao portal norte-americano ESPNF1 .

"Conhecemos a sua força psicológica, mas temos que ver quanto tempo a parte física levará para recuperar. Acho que ele vai ficar bem, e espero que possamos vê-lo de novo em um carro de Fórmula 1 , mas não creio que isso vá acontecer nesta temporada", afirmou, eximindo o piloto de culpa no acidente sofrido no início do ano.

"Tenho certeza que ele lamenta ter ido correr no rali, mas isso não adianta de nada neste momento. Agora, ele precisa apenas se concentrar em se recuperar para voltar a correr", finalizou o dirigente.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.