Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Gabaritado após "estreia", Razia comenta volante e pneus da F1

Antes do Grande Prêmio da China, piloto brasileiro participou de seu primeiro evento oficial na categoria

Lucas Pastore, iG São Paulo |

No último dia 15, na sexta-feira que antecedeu o Grande Prêmio da China, o piloto brasileiro Luiz Razia testou o carro da Team Lotus no primeiro treino livre do fim de semana. Foi seu primeiro evento oficial de Fórmula 1 na carreira. Em entrevista exclusiva concedida ao iG, o piloto falou da emoção que sentiu em sua estreia.

Siga o iG Automobilismo no Twitter.

“Foi demais! Todo piloto sonha em chegar à Fórmula 1 e eu fui mais um. Lógico que ainda é um passo pequeno para estar no carro, mas é um começo”, disse Razia, que narrou as dificuldades em lidar com o volante da categoria.

“O volante de um F1 é muito mais complexo do que as pessoas pensam, existem inúmeras funções que devem ser ativadas para que o carro funcione em perfeitas condições a todo o momento”, contou.

O brasileiro também falou sobre uma das principais preocupações dos pilotos de F1 nas últimas semanas: os pedaços de borracha que se soltam dos pneus, ficam na pista e são “disparados” de um carro para outro.

“Na GP2 enfrentamos os mesmos problemas, é perigoso quando você sai da trajetória ideal, e quando recebe no capacete a pancada é bastante forte. É importante durante corridas como Mônaco e Cingapura estar realmente muito atento a esse elemento”, opinou Razia, que disputará a GP2 pela Air Asia. A temporada começa a ser disputada no dia oito de maio.

Leia tudo sobre: Luiz RaziaTeam LotusAir Asia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG