Britânico conta com consistência da McLaren e características da pista de Montreal para se recuperar

O britânico Jenson Button não gostou do desempenho de sua McLaren neste sábado (11). Assim como seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton , o piloto não ficou satisfeito com seu treino classificatório e vai largar em sétimo em Montreal . Neste domingo (12), acompanhe o Grande Prêmio do Canadá no Tempo Real do iG .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Não tínhamos o ritmo que esperávamos, e isso é um pouco frustrante. Minha volta no Q3 parecia muito boa, mas então errei, travei meus pneus e perdi um pouco de tempo. Estive muito perto de alcançar Nico no fim, mas acho que largar em sexto não seria muito melhor do que largar em sétimo. Além disso, largar em sétimo significa sair no lado limpo da pista”, disse Button.

O britânico conta com a consistência de seu carro e com as possibilidades de ultrapassagem que o Circuito de Montreal oferece para conseguir se recuperar durante a corrida.

“Nosso ritmo de corrida é sempre melhor que nosso ritmo no classificatório, e esse é um circuito em que você pode ultrapassar, então devemos ter esperança de que podemos melhorar durante a corrida. Felizmente, nossa consistência tanto com os pneus macios quanto com os supermacios parece muito boa”, opinou Button.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.