Escuderia austríaca pediu para o australiano não atacar seu companheiro Sebastian Vettel

No domingo (10), Mark Webber desobedeceu as ordens da Red Bull ao tentar ultrapassar seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, em disputa válida pela segunda colocação do Grande Prêmio da Grã-Bretanha . Ex-chefe de equipe da Renault, Flavio Briatore defendeu a atitude, que ele considera normal na categoria.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Bem vindo à Fórmula 1 . Eu teria feito a mesma coisa. Se um título mundial está em jogo, você tem de tomar decisões, e os pilotos têm de entender que o carro não é só deles, é uma equipe de centenas de pessoas. Eles precisam respeitar isso”, disse Briatore, em entrevista à emissora italiana Sky Sport .

A corrida em Silverstone terminou com vitória de Fernando Alonso. Porém, o ex-chefe da Renault não acredita que o piloto espanhol será capaz de brigar pelo título do Mundial de Pilotos .

“Ele pode acabar em segundo ou terceiro, mas ele não tem chances de vencer porque o campeonato já acabou”, declarou Briatore.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.