Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

FIA discute legalidade da nova asa traseira da Ferrari

Segundo Charlie Whiting, diretor da entidade, uma decisão sobre o caso acontecerá no sábado

iG São Paulo |

A nova asa traseira da Ferrari, uma das atualizações da escuderia italiana para o Grande Prêmio da Espanha deste domingo (22), passa por investigação da FIA (Federação Internacional de Automobilismo). O dispositivo, que já foi usado nos primeiros treinos livres na Catalunha nesta sexta-feira (20), pode infringir o artigo 3.10.3 do regulamento da categoria por ser mais alto do que o permitido.

Siga o iG automobilismo no Twitter

EFE
Ferrari tem atualizações para o Grande Prêmio da Espanha
De acordo com Charlie Whiting, diretor da FIA, a nova asa será discutida entre a escuderia e os responsáveis pela prova. Whiting também disse que a decisão sobre a liberação ou não da atualização sairá no sábado (21). ”Estamos conscientes do desenvolvimento da nova asa e isso já está sendo discutido”, afirmou Withing. “É uma interpretação inteligente a se fazer da regra da F1. Amanhã este assunto estará esclarecido”.

Apesar das novas atualizações, a Ferrari não conseguiu atingir o top 3 nesta sexta-feira. O espanhol Fernando Alonso fez o quarto melhor tempo no primeiro treino livre e o quinto no segundo. Já o brasileiro Felipe Massa ficou com a 16ª melhor marca no treino de abertura e a 8ª na etapa final. Os melhores tempos em ambas as fases desta sexta-feira ficaram com o piloto da Red Bull, Mark Webber.
 

Leia tudo sobre: Fernando AlonsoFerrariMassaF1Red BullWhitingFIA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG