Carros usarão motores V6 de 1,6L, em substituição aos V8 de 2,4L

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) confirmou formalmente nesta quarta-feira (29) que os motores da Fórmula 1 passarão por mudanças. Segundo a entidade, a partir de 2014 os motores serão V6 turbo de 1,6 L.

Siga o iG automobilismo no Twitter

“Em votação por meio de fax, o Conselho Mundial de Automobilismo ratificou o regulamento de motores criado recentemente com as entidades da F1. O novo componente será um V6 turbo com 1,6 L e terá sistema de recuperação energética. As novidades entrarão em vigência na temporada de 2014”, diz o breve comunicado da FIA.

Os motores atuais da categoria mais importante do automobilismo são V8 2,4L. A intenção inicial da FIA era de ter os novos modelos já a partir de 2013. Das fornecedoras de motores, somente a Renault era a favor da alteração na antiga data prevista .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.