Tamanho do texto

Após reclamações sobre Bahrein, Todt pediu ao detentor dos direitos comerciais da F1 para revisar agenda

Getty Images
Jean Todt pediu nova proposta de calendário ao detentor de direitos comerciais da F1
Em resposta à reclamação da Associação de Equipes da Fórmula 1 (FOTA) sobre a remarcação do GP do Bahrein e adiamento da prova da Índia , o presidente da FIA, Jean Todt, pediu a Bernie Ecclestone para apresentar uma nova proposta de calendário para 2011.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Em um comunicado, Todt declarou às equipes: “A FIA sempre teve no coração uma administração tranquila do campeonato e dos interesses das escuderias e está sempre preparada para resolver qualquer problema de maneira construtiva”.

“Ouvi suas objeções de última hora e pedi ao detentor dos direitos comerciais para reexaminar sua proposta de calendário, e se necessário, reenviar uma proposta revisada para o Conselho Mundial”, escreveu.

Em resposta ao trecho da carta enviada por Martin Whitmarsh e Eric Boullier em nome da FOTA, que pedia que fosse respeitado o prazo para mudanças no calendário estabelecido pelo Código Desportivo Internacional (ISC), o presidente da FIA esclareceu que o Campeonato Mundial de Fórmula 1 é regulado pelo Pacto de Concórdia, cujas disposições prevalecem às do ISC.

Todt também ressaltou que a responsabilidade de definir o calendário e apresentá-lo à FIA para aprovação é exclusiva do detentor dos direitos comerciais, que tem Ecclestone como representante.

O presidente da FIA ainda pontuou: “Foi o representante do detentor dos direitos comerciais, que também representa os Construtores da Fórmula 1, que propôs as mudanças do calendário. O delegado da Comissão de F1, que representa todas as equipes, aprovou a decisão que agora vocês estão desafiando”.