Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Ferrari precisa ser criativa para bater Red Bull, diz Alonso

Espanhol afirma que superioridade da bicampeã nos treinos não surpreende

iG São Paulo |

O bicampeão Fernando Alonso admitiu que a Ferrari pode não começar a temporada com o carro mais rápido do grid, mas disse que os objetivos da equipe para a temporada 2012 da Fórmula 1 são ambiciosos. O piloto afirmou que a Red Bull já se mostrou competitiva nos testes realizados em Jerez e Barcelona,  e que tanto a Ferrari como a McLaren precisam ser criativas para conseguir superá-la ao longo deste ano.

Leia também: Hulkenberg supera Vettel no segundo dia de testes em Barcelona

"No momento, nós não sabemos exatamente onde estamos. Acho que não somos os mais rápidos, mas definitivamente não somos os mais lentos. A Red Bull parece competitiva. Isso não é uma surpresa, pois eles têm se mantido no topo nos últimos dois ou três anos com esse carro. A McLaren e a Ferrari precisam inventar algo e ser um pouco mais criativas para vencer a Red Bull neste ano, e é isso que ambas as equipas fizeram. McLaren e Ferrari escolheram soluções diferentes, filosofias diferentes. O resultado veremos em Melbourne e, mais importante, em novembro", disse.

Quando perguntado pelo site Autosport se sentiu potencial no novo bólido da Ferrari para que ele possa lutar pela vitória já na Austrália, a primeira corrida da temporada, Alonso disse: "Definitivamente nossas metas são muito ambiciosas. O que é normal para a Ferrari. Você sempre tenta ganhar de imediato a primeira corrida do campeonato, se você quiser ser um candidato ao título. Vencer logo na estreia foi nosso objetivo durante todo o inverno”.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

Alonso acredita que é cedo demais para julgar em qual nível o F2012 está. Enquanto os principais rivais da escuderia italiana já estão realizando simulações de corrida, a Ferrari ainda está compilando dados aerodinâmicos sobre seu novo veículo. O espanhol crê que o mais importante nos testes desta semana é continuar a tentar obter uma melhor compreensão sobre como o F2012 pode ser melhorado. "É verdade que continuo recebendo informações sobre o carro, que é muito complexo de entender. Nós precisamos compreender melhor seu comportamento", disse Alonso, que já completou seus dois dias de testes com a Ferrari em Barcelona.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Alonso também tentou minimizar as observações de que a nova Ferrari não parece bem equilibrada nas curvas de Barcelona como outros carros. “O piloto sempre quer mais aderência. Não sei o que os outros pensam, mas eu sempre tenho a impressão que todos os pilotos estão passando pelos mesmos problemas. Isso será de fato um problema somente se você me disser que apenas eu passo por essa dificuldade”, completou o espanhol.

 

Leia tudo sobre: Fernando AlonsoF1AutomobilismoFerrariRed Bull

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG