Ferrari preferiu instalar uma peça antiga para fugir de penalidades

Nesta sexta-feira (25), o espanhol Fernando Alonso teve problemas em seu motor no primeiro treino livre para o Grande Prêmio do Brasil . Por conta da falha, o espanhol precisou substituir a peça, que já era sua oitava na temporada. No entanto, como usará um motor já utilizado neste ano, o ferrarista não será punido.

Veja também: Luiz Razia explica como funciona um volante da Fórmula 1

O regulamento da Fórmula 1 permite que cada piloto use oito motores por temporada. Por isso, a Ferrari preferiu reinstalar uma peça já utilizada neste ano para o espanhol não ter de enfrentar uma punição de dez posições no grid de largada.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Após sofrer com o problema, Alonso terminou em sexto a primeira sessão oficial deste ano da F1 no Autódromo de Interlagos .

No segundo treino livre, o piloto espanhol já estava com seu motor substituído.

Confira a programação do fim de semana da Fórmula 1 no Brasil:

Terceiro treino livre: 11h (sábado)

Treino classificatório: 14h (sábado)

Corrida: 14h (domingo)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.