Para o brasileiro, lugar em que o britânico tentou passá-lo não era propício para a manobra

Neste domingo (29), no Grande Prêmio de Mônaco , Felipe Massa teve sua corrida abreviada por um acidente com Lewis Hamilton, que culminou em punição para o britânico . O brasileiro criticou o rival, dizendo que o local não era próprio para ultrapassagens.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“Depois que Hamilton tentou me ultrapassar na curva seis, um lugar impossível para isso, ele me tocou e me empurrou contra Webber. Não consegui mais controlar o carro e foi por isso que ele conseguiu entrar no túnel na linha de dentro. Isso me colocou no lado sujo da pista, e eu acabei batendo na barreira”, lamentou o brasileiro.

Foi a terceira vez seguida que Massa não conseguiu pontuar. O brasileiro espera conseguir um bom resultado na próxima corrida, no Canadá , para quebrar a sequência negativa.

“Hoje, o carro estava competitivo e, dadas as circunstâncias, eu poderia ter chegado em quarto. Agora, vamos para o Canadá, onde esperamos ser capazes de lutar, como foi aqui. Teremos os mesmos tipos de pneus, macio e supermacio, o que é positivo aqui”, opinou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.